ULNC - Uma Luz Na Caverna
Há muito mais para descobrir... Registe-se e venha discutir connosco!

WWRY: Especial

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

WWRY: Especial

Mensagem  Mariana Couto em Dom Nov 11, 2012 1:01 am

A WWRY de hoje será muito especial, pois pretende celebrar este dia 10 de Novembro, que é uma data muito especial para a minha pessoa: trata-se do aniversário da minha irmã, que é usuária do ULNC.
(Parabéns!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Smile )
Com isto queria ainda dedicar-lhe esta WWRY, que trará ao nosso fórum um género musical: o fado!!
Como tal hoje vou partilhar a Alfama é de Amália Rodrigues, do LP Alfama, 1958.
Esta música não é ao contrário de muitos outros fados sobre saudade, a tristeza ou o amor, mas sim sobre o fado em si, é uma descrição do que é esse nosso género musical, da sua história.



Alfama

Quando Lisboa anoitece
como um veleiro sem velas
Alfama toda parece
Uma casa sem janelas
Aonde o povo arrefece

É numa água-furtada
No espaço roubado à mágoa
Que Alfama fica fechada
Em quatro paredes de água
Quatro paredes de pranto

Quatro muros de ansiedade
Que à noite fazem o canto
Que se acende na cidade
Fechada em seu desencanto
Alfama cheira a saudade

Alfama não cheira a fado
Cheira a povo, a solidão,
Cheira a silêncio magoado
Sabe a tristeza com pão
Alfama não cheira a fado
Mas não tem outra canção.

Na minha opinião, esta música é uma descrição do que é o fado.
Um estilo que nasceu em Lisboa, em bairros como a Mouraria, Alfama ou Madragoa, onde nasceram as primeiras casas de fado: casas onde as pessoas se juntavam, para ouvir os fadistas atuar.

"Quando Lisboa anoitece
como um veleiro sem velas
Alfama toda parece
Uma casa sem janelas
Aonde o povo arrefece"

"Quatro muros de ansiedade
Que à noite fazem o canto
Que se acende na cidade"

Além de fazer referência ás casas de fado, esta música trata ainda o principal tema do fado: a saudade.
Mais propriamente a saudade com que as mulheres ficavam ao verem os seus maridos partir quer para guerras, quer para o mar.

"É numa água-furtada
No espaço roubado à mágoa
Que Alfama fica fechada
Em quatro paredes de água
Quatro paredes de pranto"

Finalmente, esta música junta o bairro de Alfama, que deu origem ao fado, e o tema da saudade recorrendo a uma série se comparações.

"Alfama não cheira a fado
Cheira a povo, a solidão,
Cheira a silêncio magoado
Sabe a tristeza com pão
Alfama não cheira a fado
Mas não tem outra canção."

avatar
Mariana Couto
Rubrica
Rubrica

Mensagens : 297
Data de inscrição : 11/02/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: WWRY: Especial

Mensagem  Tiago Gonçalves em Sab Nov 17, 2012 5:16 pm

Espetacular Mariana!

Esta rúbrica está cada vez melhor! Wink
avatar
Tiago Gonçalves
Filósofo
Filósofo

Mensagens : 171
Data de inscrição : 12/04/2012
Idade : 22

http://ulnc.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum