ULNC - Uma Luz Na Caverna
Há muito mais para descobrir... Registe-se e venha discutir connosco!

O tempo corre

Ir em baixo

O tempo corre Empty O tempo corre

Mensagem  carolpereira18 em Ter Mar 26, 2019 11:40 pm

Lembro-me de quando era criança e nas férias fazia piqueniques com os meus peluches. Tinha uma imaginação fértil o suficiente para lhes dar vida, para ter diálogos com eles e para os alimentar numa tarde de verão, ao sol, num alegre piquenique.
Lembro-me de chegar a casa depois de um dia de aulas e sentar-me no sofá a lanchar e a ver os meus desenhos animados favoritos até à hora do jantar e sentir a ânsia de acordar no dia seguinte para ir brincar com os meus amigos no recreio.
Lembro-me da vontade enorme que tinha de ser como o meu irmão, como o meu pai e como a minha mãe, de ser aquela pessoa crescida que conhece o mundo e que é independente.
Lembro-me de correr, de saltar, de cair e levantar, de brincar na terra, brincar com amigos e brincar sozinha com a minha mente.
Eu lembro-me e tenho saudade, saudade da minha inocência, de ver o mundo como eu quero, de descansar, de brincar, de correr e de saltar. Tenho saudades da infância.Mas eu cresci, escolhi o meu próprio caminho, fiz escolhas e vivi as consequências, segui os bons exemplos que tenho à minha volta e posso dizer que agora sou melhor do que já fui e ainda serei melhor do que sou . Estamos num constante processo evolutivo.
No entanto, a infância será para sempre, pelo menos para mim, a melhor fase da vida de cada indivíduo e acho que é durante esta fase que as crianças devem de ser incentivadas e estimuladas. É nesta idade que as elas devem desenvolver a sua mente brincando e imaginando todo um mundo paralelo de fantasia e não postas à frente de um ecrã para que não sejam irrequietas e para que tenham um comportamento “decente”. Há que deixá-las viver, sentir e questionar. Há que alimentar este espanto pelo desconhecido e gigante mundo. Há que mostrar o que está correto e errado, pois as crianças são o futuro da nossa sociedade, e se queremos mudança temos de a fazer.
E é assim que a infância de uma criança deve ser, cheia de memórias, esperança de um mundo melhor, ensinamentos, perguntas e respostas, brincadeiras e loucuras para que possam ser a diferença que o mundo precisa desesperadamente.
Por isso sim, eu tenho saudade da minha infância e de todo o desconhecido para explorar, quero esperança num mundo de fantasia e em que podemos ser tudo o que quisermos. Mas são só saudades, porque a minha consciência diz-me que o mundo gira no outro sentido, e por isso levanto-me e faço acontecer. Eu ganhei a minha infância.


carolpereira18
Aspirante
Aspirante

Mensagens : 15
Data de inscrição : 28/10/2018

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum