ULNC - Uma Luz Na Caverna
Há muito mais para descobrir... Registe-se e venha discutir connosco!

Violência no Namoro

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Violência no Namoro

Mensagem  2015.inspiração em Seg Dez 21, 2015 5:24 pm

Fiquei surpreendida quando uma colega da minha turma disse que não existia violência no namoro e decidi, então, criar este mesmo tópico.
Atualmente fala-se muito de violência doméstica , fala-se muito de tudo mas ninguém atua, ninguém toma medidas para melhorar o "mundo".
A violência no namoro, a meu ver, define-se como sendo qualquer tipo de agressão sistemática num relacionamento. As típicas marcas que ninguém quer usar, muitas vezes, aparecem no corpo de adolescentes sendo provocadas pela pessoa que diz que nos ama mas que na realidade não ama. Porque quem agride sistematicamente não ama, não faz sentido amar!!!
Violência verbal é bastante comum também apesar de se considerar como um tipo de violência mais "leve" e não tão preocupante, no entanto, estas palavras perduram imenso tempo na nossa cabeça levando-nos a estigmas e faltas de autoestima. E violência verbal está,ainda com mais intensidade, presente na vida dos adolescentes daí as tão vulgares depressões e esgotamentos. Será tudo isto necessário?
Como adolescentes estamos a desenvolver uma personalidade, personalidade esta que nos prepara para a vida adulta. Será que um adolescente vítima de violência no namoro estará preparado para enfrentar a vida? Temos que dizer NÃO, mesmo com receio. Temos que tomar atitude e parar quem nos agride porque quem ama não agride.
Cada um de nós como adolescente deve não só estar preparado para situações destas como também deve estar atento aqueles que o rodeiam de modo a alerta-los.
DIZ NÃO À VIOLÊNCIA.

2015.inspiração
Aprendiz
Aprendiz

Mensagens : 33
Data de inscrição : 14/09/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

violência

Mensagem  Maria Oliveira em Qua Jan 20, 2016 7:44 pm

Uma vez, estava eu e a minha família a almoçar em casa da minha avó. E como de costume a televisão estava ligada ....Na realidade naquele momento estávamos todos a falar, mas, de repente, ficamos todos em silencio a prestar atenção á televisão.Era uma reportagem a abordar o tema de violência no namoro...Jovens a relatar experiencias que passaram...
Eis que a minha prima comenta que nunca deixaria que tal acontece-se a ela.
Será que ela nunca permitiria que tal acontece-se? Eu pus-me a pensar...
O momento da violência começa numa fração de segundo! Possivelmente nem estamos a contar que tal aconteça... E depois como reagiríamos? Eu imagino que seja uma sensação de desespero, de angustia.É um momento de traição, em que não há respeito pelo companheiro. É um problema sério que, na minha opinião, deveria de ser levado com mais seriedade... Até porque já não é a primeira noticia que aparece de um jovem que atacou o parceiro com acido! Isso é destruir a identidade, a confiança e uma vida de uma pessoa...
Concluo, que as pessoas deviam ter mais em conta a perspetiva do outro antes de reagirem impulsivamente, com uma palavra ou um gesto porque isso pode abalar com mundo de qualquer um. Violência gera violência...

Maria Oliveira
Aspirante
Aspirante

Mensagens : 6
Data de inscrição : 14/09/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Violência

Mensagem  jessicadantas em Qui Jan 21, 2016 11:07 pm

Violência num namoro cada vez é mais comum.
Claro que toda a gente diz que nunca iria admitir que um namorado(a) a(o) agredi-se, mas ninguém sabe o que nos irá acontecer no futuro. Isto nao se trata de se admitir ou não, porque ninguem sabe com quem um dia vai estar e como essa pessoa reagirá em certos momentos. Não é por eu dizer que nao admito que me agridam que isso nao vá acontecer.
Uma pessoa quando sofre violência no namoro tem que ter a coragem de falar com alguém, porque a única maneira de conseguir sair desse namoro é falando com alguém.
Eu conheço um caso de uma amiga que tem a minha idade e que passou por isso. Basicamente ela começou a "viver" só para o namorado e ele começou a ter comportamentos estranhos. Até que lhe começou a bater. Começou com estalos insignificantes em que ela pensou que nao eram a sérios, e acabou em até murros que a deixaram inconsciente no meio do nada sem ninguém para a ajudar. Ela nao sabia o que fazer até que decidiu contar à mãe. Neste momento o caso está em tribunal e o rapaz nao se pode aproximar dela.
Podemos concluir com esta história que toda a gente, hoje em dia, pode sofrer de violência num namoro, mesmo que nao esteja à espera que isso aconteça e que tenha 15 ou 40 anos. Mas quando isto acontece é preciso falar, nunca podemos esconder isto porque só piora a situação.
É preciso coragem a cima de tudo !

jessicadantas
Aspirante
Aspirante

Mensagens : 8
Data de inscrição : 19/09/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

violência no namoro

Mensagem  2015inescastro em Sab Maio 14, 2016 2:25 pm

A violência no namoro é um termo novo que surgiu para designar algo que já existe à algum tempo.
Hoje em dia todas as pessoas novas gostam de afirmar a sua liberdade e independência e por isso muitas vezes não têm coragem de expor a situação que estão a viver. Mas violência no namoro é o quê? Agressões físicas, psicológicas e sexuais? A violência mais visível é a física. As marcas no corpo são o sinal mais evidente de que alguma coisa não está bem. E nestes casos os amigos/familiares da vítima podem intervir porque é mais fácil de reparar.
Já a violência psicológica é algo mais complicado. Visto que hoje em dia é muito comum os jovens se insultarem uns aos outros nas relações de amizades, quando se trata de relações de namoro isso muitas vezes continua. Para além dos insultos, as desconfianças, os ciumes possessivos, as discussões são tudo fatores que levam à violência no namoro. Alguém que te ama não te insulta, não te rebaixa, não te impede de estares com os teus amigos e muito menos invade o teu espaço pessoal.
Se o teu/tua namorado/a vê as tuas mensagens ou te impede de tares com certas pessoas por ter ciumes isso também é uma forma de violência no namoro. A base de qualquer relação é o respeito e a confiança.

2015inescastro
Aspirante
Aspirante

Mensagens : 1
Data de inscrição : 25/02/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

E se fosse consigo?

Mensagem  tudotemummotivo2015. em Dom Maio 22, 2016 7:57 pm

Recentemente, surgiu um novo programa na SIC chamado "E se fosse consigo" cujo último tema falado foi, precisamente, a violência no namoro. Esse programa levanta várias questões que as minhas colegas também levantaram. Eu nunca imaginaria que o facto de um namorado exigir que a namorada não vista determinadas peças de roupa fosse uma forma de violência de namoro e que 1 em cada 3 jovens, entre os 12 e os 18 anos, tem ideias erradas sobre o que é violência. sendo que muitos consideram aceitável um dominar o outro. Diversos estudos referem que 34% dos jovens acham que mexer no telemóvel do parceiro e ver mensagens e chamadas não é violência, 33% acham que proibir de sair ou ver os amigos não é violência e 37% acham que impedir de usar determinadas peças de roupa não é violência. Concluindo, muitos de nós, jovens, sofremos violência sem sabermos. Contudo, não devemos deixar que certos limites sejam ultrapassados, pois é preciso tratar o ser humano com respeito e com dignidade, pois e se fosse consigo?

tudotemummotivo2015.
Aspirante
Aspirante

Mensagens : 13
Data de inscrição : 18/09/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Violência no namoro

Mensagem  mafaldasalmeida em Seg Maio 23, 2016 6:31 pm

A violência no namoro é um ato de violência, pontual ou contínua, cometida por um dos parceiros (ou por ambos) numa relação de namoro, com o objetivo de controlar, dominar e ter mais poder do que a outra pessoa envolvida na relação.
Ninguém gosta de ser controlado ou de ser dominado pelo outro, mas são muitos os que se deixam levar por estes actos contínuos no namoro. Ano após ano os números de vitimas da violência doméstica aumentam cada vez mais, pior não é os que admitem serem vítimas mas sim aqueles que deixam esconder a sua tristeza e não são suficientemente corajosos de acusar alguém de quem gostam mas que não lhe são fieis. Mas a pessoa não se deve deixar ficar. Melhor é aquela/aquele que mostra a força de vontade de querer o bem para si do que aquela/aquele que se deixa levar pelo amor que sente pelo companheiro. "Mas quem te ama, não te agride!"
Este é o assunto da campanha de comunicação do Governo e da CIG que foi lançada no dia dos namorados no ano passado. Um anúncio que mostra às vitimas que quem ama não age com violência. Quem ama não humilha, não controla as mensagens, não ignora a tua vontade nem a tua decisão. O vídeo é um bom alerta para as pessoas verem que a violência não é só física, mas também psicológica e verbal. Muitas das pessoas acham que violência é algo que deixa pisaduras e marcas no corpo, mas por vezes as marcas no coração que fica ferido ou das memórias de lágrimas e sofrimento é bem pior.
Não te esqueças que te ama não te agride. Por favor, não te tornes o saco de boxe de ninguém. Respeita-te! AMAR É RESPEITAR.
Fica o alerta! Estas situações NÃO são normais! Não te tornes cúmplice ou mero espetador. Se tens conhecimento de relações que se desenrolam nestes moldes, não tenhas medo de intervir, de ser assertivo e de denunciar. NÃO IGNORES! Esta problemática tem se tornado cada vez mais comum entre os jovens. Partilha e não tenhas medo de abordar este tema com outros jovens e de alertar para a gravidade de tais fenómenos.

https://www.facebook.com/RadioComercial/posts/802431023126872

mafaldasalmeida
Aprendiz
Aprendiz

Mensagens : 36
Data de inscrição : 21/09/2015

Voltar ao Topo Ir em baixo

Violência no namoro

Mensagem  2016.carolina em Qua Out 05, 2016 4:17 pm

O tema de violência no namoro é cada vez mais falado.
Eu infelizmente tive uma amiga que sofreu desse problema, ela é mais velha dois anos que eu e o ano passado começou a namorar com um rapaz quatro ou cinco anos mais velho que ela, ela falava muito bem dele e ao inicio andava tudo muito bem, passados alguns meses, não sei bem quantos ela começou a aparecer com um braço marcado, e as vezes nós perguntavamos o que tinhacaontecido e ela dizia sempre que tinha batido nalgum lado ou assim, passado masi algum tempo ela contou-nos que o namorado era muito controlador e obcessivo com ela, que queria sempre saber onde ela estava e com quem estava e queria provas disso, do gênero de fotos e assim. Uns dias depois de ela me ter falado a mim e a mais duas amigas sobre isso deu uma reportagem qualquer na televisão e eu vi. No dia seguinte na escola falei com ela e disse-lhe que isso já demais, que ela tinha de acabar com ele, e ela aí contou que já tinha acabado com ele umas 4 vezes so que ele perseguia-a e fazia-a ficar com medo ao ponto de ter de o aceitar de volta, passado mais lagum tempo ele começou a ser mais agressivo e então aí ela falou com os pais e sinceramente não sei bem como resolveram a situação, mas ele desapareceu da vida dela. Existe um velho ditado que diz “Quanto mais me bates, mais eu gosto de ti!” não poderia haver algo mais errado que isso, pelo menos no sentido literal da frase, uma agressão não é, nem nunca foi uma prova de amor. Quando se agride a namorada/o é só na tentativa de assumir o controlo sobre ela/e . Quando se gosta de alguém respeita-se não se agride. Uma coisa destas pode acontecer com qualquer um! É preciso ter coragem e não ter medo para enfrentar o problema! Não deixes que aconteça contigo.

2016.carolina
Aspirante
Aspirante

Mensagens : 1
Data de inscrição : 14/09/2016
Idade : 16

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Violência no Namoro

Mensagem  2016.navegarpelomar em Sab Out 15, 2016 5:01 pm

"Quanto mais me bates, mais eu gosto de ti". Um típico proverbio que ultimamente tem vindo a ser a realidade. O problema é que essa realidade nunca deveria de existir. A violência no namoro existe quando és insultada, quando és controlada e quando és agredida, entre muitos outros. Querer saber com quem estás a falar, com quem estiveste ou mesmo não gostar que uses uma certa roupa é a violência mais silenciosa que existe. Se o praticas não és preocupado/a, és um/a agressor/a. Já presenciei pessoas que deixaram de ser elas próprias para agradarem o companheiro e esse é um ato crucial para o inicio da violência. Com isto, digo que sou totalmente contra a violência no namoro, porque é uma degradação ao ser humano, tratando-os como lixo sem dignidade nem valor algum e isso existe por todo o lado, infelizmente. Além disso, as vítimas podem ficar com feridas mentais e físicas que podem nunca mais ser tratadas, daí condenar este ato. Se o teu namorado tem ciumes, ele não é amoroso, ele é uma besta.

2016.navegarpelomar
Aspirante
Aspirante

Mensagens : 2
Data de inscrição : 14/09/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Violência não é amor!!!

Mensagem  Ana M em Dom Out 30, 2016 9:25 am

A violência doméstica é, hoje em dia, um tema que é já muito abordado e divulgado. Todos os anos morrem mulheres vítimas de violência domestica, e todos os dias novos casos de violência são registados. E não é só em Portugal que isto acontece. Esta é uma situação que se verifica em todo o mundo, apesar de se verificar mais nalguns países do que noutros. É certo que, atualmente, muitas das vitimas já apresentam queixa e procuram ajuda, mas mesmo assim ainda há muita gente que tem medo de revelar a sua situação e que opta por se manter no silêncio. Na minha opinião, a violência doméstica é simplesmente repugnante, uma realidade atroz, cruel e desumana. Mas o pior é que, muitas vezes, a violência começa logo no namoro. E, ultimamente, a violência no namoro tem vindo a aumentar consideravelmente. Há cada vez mais casos registados, e apesar de muita gente ignorar que ela existe, ela está a tornar-se cada vez mais evidente. Há muitas pessoas que se encontram nesta situação e que, desesperadas, optam por esconder isso dos outros em vez de pedirem ajuda, pois não têm coragem para admitir que sofrem de violência. Normalmente são as mulheres que sofrem deste problema, mas é preciso termos a noção de que também os homens podem sofrer de violência domestica ou no namoro, apesar de ser bastante menos comum. Eu, pessoalmente, optei por apresentar a situação pelo lado feminino, visto serem as mulheres as que mais sofrem com este problema. Desde a antiguidade que as mulheres são consideradas um género inferior. O género feminino sempre foi menosprezado, pois havia a ideia de que os homens é que deviam liderar e estar no comando, visto serem considerados o «género forte». Sendo assim, os homens habituaram-se a controlar as mulheres e a vê-las como seres que apenas existem para os servir. Ainda hoje esta é a realidade de alguns países, onde as raparigas não podem ir à escola e as mulheres não podem conduzir, não podem andar sozinhas na rua, não podem ter emprego...e muitas outras barbaridades que nem nos passam pela cabeça. Estes países têm, no meu ponto de vista, uma mentalidade retrógrada, que parece não ter evoluído durante todos estes séculos de discriminação feminina. Apesar disso, nos dias de hoje, muitos países já respeitam os direitos das mulheres e defendem a igualdade entre o sexo feminino e o masculino. No entanto, ainda existem muitos homens, e mesmo rapazes novos, que se acham superiores e não respeitam os direitos das mulheres. E isto traduz-se na relação que têm com as suas namoradas ou esposas. Estes homens parecem ter uma obsessão pelo poder e pelo controlo, agredindo as namoradas, quer seja física ou psicologicamente, e querendo sempre controlar todos os aspetos das suas vidas. É importante referir que muitos homens podem já ter sofrido de violência quando eram mais novos, por parte dos pais, ou podem ter assistido a episódios de violência e agressão nas suas famílias. Isto é um fator que pode levar as pessoas a tornarem-se agressores, pois cresceram numa realidade e num ambiente violento. É claro que isto não é desculpa para fazerem o mesmo. Eu acho que estas pessoas, que maltratam os/as namorados/as, deviam era estar presas na cadeia em vez de andarem por aí à solta, pois são um perigo para a sociedade. O problema é que muitos dos agressores não chegam a ser denunciados, e a maioria dos que são denunciados continuam sem ser punidos. Obviamente, se a justiça não atua perante estas situações, os agressores sentem-se encorajados pois sabem que provavelmente nunca chegarão a ser punidos. Isto é deveras grave, e devia-se fazer alguma coisa para deter estes monstros que assombram as vidas de tantas mulheres. Violência não é amor! Por isso, se algum dia nos virmos nesta situação, ou tivermos conhecimento de alguém que sofre de violência, então não devemos ficar calados! Não devemos esconder ou fingir que não se passa nada, devemos agir e denunciar o caso. Não podemos deixar que isto continue a acontecer! Por isso, não deixes que aconteça contigo!

Ana M
Aspirante
Aspirante

Mensagens : 18
Data de inscrição : 15/09/2016
Idade : 16

Voltar ao Topo Ir em baixo

Violência no namoro

Mensagem  2016.msantos em Qua Fev 15, 2017 8:32 pm

Nos dias de hoje, e com os jovens de hoje, é regular existir cenas de agressões sendo elas verbais ou físicas.
Mas será que isto é correto?
Para muitas pessoas a violência no namoro não existe. Pensam que uma bofetada não é agressão. É apenas o namorado/a a tentar impor-se. Mas a que custo? Se é seu/sua namorado/a, não devia de respeitá-lo/a e amá-lo/a?
Pois agora chega o verdadeiro conflito de ideias dessas pessoas. Muitas vezes estas pessoas que não ligam a estes atos, dizem que ao devemos interferir coma vida dos outros ou que é uma maneira diferente de amar.
Mas amar é agredir? Claro que não!
Mas este não é o pensamento de muitos dos jovens de hoje. E é por isso que se fala tanto de violência no namoro.
Nós somos um país livre, em que cada um tem a possibilidade de escolher quem quer amar. Logo, se fazemos essa escolha, temos de ter a responsabilidade de aceitar e respeitar essa mesma pessoa. Somos seres humanos, seres racionais, e devemos agir como tal.
Todos nós temos um papel fundamental na sociedade, e devemos impedir que agressões como esta existam.
Agredir nunca é opção!
Se sofres deste tipo de agressões, FALA!
Se és o agressor, acaba com isto! Não ganhas nada em fazê-lo. Por isso PÁRA!

2016.msantos
Aspirante
Aspirante

Mensagens : 6
Data de inscrição : 14/09/2016

Voltar ao Topo Ir em baixo

Violência no namoro

Mensagem  2016Marta em Sex Fev 17, 2017 3:12 pm

A violência exercida no namoro é um ato de violência, pontual ou contínua, cometida por um dos parceiros (ou por ambos) numa relação de namoro, com o objetivo de controlar, dominar e ter mais poder do que a outra pessoa envolvida na relação.
Esta violência não é necessáriamente fisica, pode ser verbal, psicológica, sexual, entre outras.

"A violência não é força, mas fraqueza, nem nunca poderá ser criadora de coisa alguma, apenas destruidora." Benedetto Croce
Uma relação que seja alvo de algum tipo de violência, seja porque motivo for, jamais será uma relação duradoura e de companheirismo. Não há nenhum motivo que origine violência, mesmo que este seja muito grave.
Numa relação, a principal causa da violência, subretudo na idade da adolescencia, são os ciúmes, aqueles ciúmes loucos e distrutivos. Aquele medo de perder o namorado/namorada leva o individuo a ficar completamente "cego" por uma pessoa, que vê na violência uma forma de a prender a si.

"Quanto mais me bates mais gosto de ti", é uma expressão popular que ouvimos frequentemente. Mas não, isto não é certo!
Não devemos deixar que ninguem rebaixe o seu companheiro, que o humilhe ou o trate mal. A relação deve ser um motivo de felicidade para ambos, e não algo que origine sofrimento e dor.
Diariamente várias pessoas sofrem na mão do seu namorado/namorada. Sim, isto é preocupante, porque, afinal como é que numa sociedade desenvolvida como a nossa há tantos casos destes? A resposta é o medo, medo de denunciar aquele que amamos e, também, a esperança que talvez tenha sido só aquela vez...

Em suma, não devemos compactuar com casos de violência, porque só origina infelicidade. Devemos denunciar casos destes, se conhecermos, sem medo! Se todos contribuirmos será mais facil diminuir esta preocupante realidade!

2016Marta
Moderador
Moderador

Mensagens : 19
Data de inscrição : 20/09/2016
Idade : 16

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Violência no Namoro

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum